Calendário

Maio 2024
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Nota de falecimento: Rodrigo Corrêa de Oliveira

nota de falecimentoA Diretoria da Escola de Enfermagem da UFMG comunica, com muito pesar, o falecimento do biólogo Rodrigo Corrêa de Oliveira, marido da professora emérita da Escola de Enfermagem da UFMG Andréa de Carvalho Gazzinelli, na noite desta sexta-feira, 27 de outubro. O velório será realizado na próxima segunda-feira, 30, a partir das 9 horas, no cemitério Bosque da Esperança (Rua Aldemiro Fernandes Torres, 1500, bairro Jaqueline). O sepultamento  será às 13 horas. A missa de sétimo será no dia 2 de novembro, às 10 horas, na Paróquia de São Mateus (Rua Joaquim Linhares, 47, Anchieta)

Pesquisador da Fiocruz, Rodrigo já foi professor voluntário da EEUFMG e desenvolveu projetos de pesquisa em parceria com os docentes. Atualmente, ocupava o cargo de assessor especial da Presidência da Fiocruz, dedicando-se à parceria da Fundação com instituições chinesas.

Nascido em Belo Horizonte em 1956, Rodrigo Corrêa graduou-se em Biologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1980), concluindo o mestrado em Bioquímica e Imunologia pela mesma universidade e o doutorado em Imunologia pela Universidade de Johns Hopkins University (1985).

Em 1986, ingressou por concurso público no Instituto René Rachou (IRR/Fiocruz Minas), tendo sido pesquisador titular e chefe do laboratório de Imunologia Celular e Molecular. Ao longo de sua trajetória científica, teve especial contribuição em estudos voltados para doença de Chagas, esquistossomose e leishmaniose. Vinha se dedicando ao desenvolvimento de novas vacinas contra a esquistossomose, ancilostomose e para a leishmaniose canina.

Como reconhecimento de suas atividades científicas, o pesquisador participava de comitês assessores da Organização Mundial da Saúde (OMS) e recebeu diversos títulos e honrarias ao longo da carreira, como Honra ao Mérito da Saúde do Estado de Minas Gerais, Medalha Carlos Chagas, Medalha da Sociedade Latino Americana de Patologia dentre outros. Foi membro titular da Academia Brasileira de Ciências, membro titular (fellow) da The World Academy of Sciences for the Advancement of Science in Developing Countries (TWAS), International Fellow da American Society of Tropical Medicine and Hygiene (FASTMH), professor voluntário da Escola de Enfermagem da UFMG, professor visitante da Universidade Federal de Minas Gerais e da Universidade Federal de Ouro Preto, e professor adjunto da George Washington University School of Medicine and Health Sciences (EUA). Em 1996, foi nomeado Membro da Câmara de Ciências Biológicas da Fapemig e, em 1998, membro do Corpo de Assessores do CNPq na área de Imunologia.

Rodrigo Corrêa-Oliveira deixa a esposa Andréa  Gazzinelli e duas filhas, Ana Carolina Gazzinelli de Oliveira e Juliana Gazzinelli de Oliveira. 

A ministra da Saúde Nísia Trindade, nas redes sociais, lamentou a morte de Rodrigo. "Um querido amigo e competente gestor e pesquisador. Estou em choque com a partida precoce de Rodrigo Corrêa. Ele me acompanhou como vice-presidente de Pesquisa e Coleções Biológicas nos seis anos de minha presidência da Fiocruz. Seguiu como assessor especial da presidência e desenvolvia pesquisas para vacinas contra esquistossomose, ancilostomose e leishmaniose canina. Rodrigo tinha grandes contribuições a dar e fará muita falta a uem teve a alegria de seu convívio. Meus sentimentos à família e amigos".
(Com informações da Fiocruz)