Calendário

Curso de Gestão de Serviços de Saúde recebe nota máxima em renovação de reconhecimento do MEC

Selo MECO curso de graduação em Gestão de Serviços de Saúde da Escola de Enfermagem da UFMG foi avaliado com a nota 5, máxima possível de ser obtida, durante processo para renovação de reconhecimento do curso do Ministério da Educação (MEC). Na primeira avaliação, realizada em 2013, o curso também obteve a nota máxima.

A visita da comissão do MEC foi realizada nos dias 26 e 27 de março e contou com a análise da documentação apresentada pela Universidade, realização de reuniões com dirigentes, coordenadores do curso, professores e alunos, e visitas às instalações físicas da Escola de Enfermagem da UFMG.

De acordo com a avaliadora do MEC, professora Márcia Mello Costa De Liberal, o que mais chamou atenção foi o envolvimento dos alunos e professores com o curso. “Entendemos que o nosso trabalho pode ser muito mais produtivo e trazer mais resultados com uma parceira interessante como essa. Este é um curso novo, acabou de ter um mestrado profissional aprovado, então eu penso que eles estão caminhando rumo à consolidação. A nossa expectativa é que essa avaliação possa trazer contribuições ainda maiores, não só no planejamento e continuidade do curso, mas em aprimoramentos que possam ser observados. Agradecemos a recepção da direção da Escola de Enfermagem, da coordenação do curso, dos professores e principalmente dos alunos, que estiveram, na nossa percepção como comissão, integralmente envolvidos em todo o processo”, destacou.

A diretoria da Escola de Enfermagem recebeu com alegria o resultado da avaliação. A diretora, professora Eliane Marina Palhares Guimarães, lembrou que esta foi a segunda avaliação para o reconhecimento do curso e, mais uma vez, a nota máxima alcançada é resultado de todo o investimento que tem sido feito pela coordenação e membros do colegiado de curso, professores, servidores técnico-administrativos e alunos para que o curso se consolide como mais uma área de formação profissional, atendendo a uma demanda social. “O curso de Gestão de Serviços de Saúde é oferecido pela UFMG desde 2009 como uma das propostas do Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni). Forma bacharéis para atuar na gestão de sistemas e serviços de saúde, buscando identificar e propor soluções para ampliar a capacidade de resposta dos serviços de saúde, em todos os níveis de complexidade, a partir de uma visão ampla do contexto social, político e econômico do país. Mais uma vez, parabenizamos toda a equipe que preparou e acompanhou a visita dos avaliadores do MEC. Entendemos que o resultado aumenta a nossa responsabilidade em mantê-lo e nos investimentos necessários para o aprimoramento constante”, enfatizou.

reuniao alunos mecPara a coordenadora do Colegiado do curso, professora Sônia Maria Nunes Viana, a importância de um conceito 5 dado pelo INEP/MEC para um curso como o de Gestão de Serviços de Saúde é imensurável. “Somos um curso jovem, defendendo a relevância de uma nova profissão, a de gestores de serviços de saúde. Esta avaliação é um reconhecimento externo, de um órgão que avalia milhares de cursos no Brasil e que tem parâmetros muito rígidos. Fomos avaliados com um conceito de excelência na dimensão pedagógica, no corpo docente e em infraestrutura”, ressaltou.

Ainda de acordo com Sônia, a avaliação e o reconhecimento externo coroa todo um trabalho iniciado em 2008 por um grupo de professores desta Escola, da Faculdade de Medicina e da Faculdade de Ciências Econômicas (FACE) que defenderam a importância de um Sistema Único de Saúde gerenciado por profissionais competentes. “Agora nossa responsabilidade enquanto docentes, discentes e técnico administrativos é sustentarmos esta excelência, o que não é fácil. Para continuarmos bons, muito bons, é necessário muito trabalho em equipe, muito diálogo e, principalmente, atentarmos permanentemente para os desafios cotidianos que se apresentam num curso noturno, com percentual significativo de alunos trabalhadores, que aqui se encontram diariamente acreditando no Sistema Único de Saúde de qualidade".

O aluno do 8º período do curso, Rafael Mendonça Ribeiro, ressaltou que a nota é um reconhecimento de todo esforço, dedicação e de muita luta da comunidade acadêmica envolvida na manutenção da qualidade do curso, mesmo em um cenário atual desfavorável ao ensino superior público e de qualidade no Brasil. “Para nós, alunos, representa também uma conquista e ao mesmo tempo nos faz refletir o quão importante é a participação e o engajamento dos alunos nos processos decisórios e de representatividade na universidade e no curso. De igual forma, nos estimula a continuar na luta pela melhoria do ensino e do reconhecimento profissional, temos muito trabalho pela frente”.