Calendário

Março 2018
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Organização Panamericana de Saúde promove prêmio Roseni Rosângela de Sena para a melhor investigação científica sobre a prática de enfermagem

roseniO XVI Colóquio Panamericano de Investigación em Enfermería, que será realizado de 5 a 9 de novembro de 2018, na cidade de Havana-Cuba, terá como marco a concessão da primeira edição do Prêmio Roseni Rosângela de Sena, em homenagem à professora emérita da Escola de Enfermagem da UFMG, que faleceu no 26 de setembro de 2016. O prêmio será outorgado em todos os Colóquios subsequentes e concedido ao estudante de pós-graduação (mestrado ou doutorado) de escolas de enfermagem de países da Região das Américas, que apresentar a melhor investigação científica sobre a prática de enfermagem na atenção básica de saúde.

O prêmio será ofertado pela Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais que participará, com um de seus professores, da equipe de avaliadores do prêmio, instituída pelos organizadores do Colóquio Panamericano. O premiado receberá uma medalha ou estatueta e certificado outorgado pela EEUFMG, durante o XVI Colóquio Panamericano.

De acordo com a professora Kênia Lara Silva, que conviveu com a professora Roseni Sena por 20 anos, a ideia do prêmio surgiu ​em julho de 2016, durante a realização do Seminário Nacional de Diretrizes para a Educação em Enfermagem (SENADEn) em Curitiba, quando a Associação Brasileira de Enfermagem​ prestou ​homenagem à Professora Roseni​. "Nesta época, ​foi sugerida a criação d​e uma ​premiação ​com seu nome a ser outorgada ​em um dos eventos da Associação​. Meses depois, após o seu falecimento, a ideia ​do prêmio foi ​assumida pela Organização Panamericana de Enfermagem​ ​por ocasião do XV Coloquio Panamericano de Investigacion en Enfermeria, realizado no Méxic​o​, considerando a significativa contribuição da Professora para o desenvolvimento da Enfermagem na região das Américas", explicou Kênia.

A diretora da Escola de Enfermagem, professora Eliane Marina Palhares Guimarães, destacou a importância da criação deste prêmio. "A criação do Prêmio Roseni Rosangela de Sena, consolidará de forma material e representativa, o reconhecimento da Escola de Enfermagem pelo brilhante trabalho desenvolvido pela professora Roseni, na Atenção Básica de Saúde, com expressiva produção no ensino, pesquisa, extensão e, também, na gestão em saúde e na enfermagem. Apoiamos e estimulamos a Associação Brasileira de Enfermagem na proposição do referido prêmio,  assumido pela Organização Panamericana de Saúde.”

Para candidatar-se ao prêmio, o autor deverá enviar o texto em formato de artigo científico e mencionar a candidatura. O trabalho deve ser escrito no idioma espanhol, português ou inglês. As bases do prêmio são: investigação inédita, que responda ao tema proposto sobre a prática da enfermagem na atenção primária de saúde; metodologia rigorosa e apropriada ao problema da investigação; a investigação deve contribuir para o avanço da enfermagem e da saúde e terá que ter sido realizada durante o período de realização do curso de pós-graduação. A data limite para a postulação ao prêmio é de 15 de maio de 2018. Inscrição de trabalho no site do evento.

Sobre a homenageada
Roseni Rosângela de Sena nasceu em Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil, em 05 de março de 1951. Graduou-se em Enfermagem pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com Mestrado em Epidemiologia pela mesma Universidade (1989) e Doutorado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1996).

Foi Professora Emérita da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (EEUFMG) desde 2007, e percorreu toda a sua carreira acadêmica como professora dessa instituição desde 1977, lecionando disciplinas da área de Saúde Pública no Curso de Graduação em Enfermagem e no Curso de Especialização em Enfermagem em Saúde Pública (CEESP) até 2003. Em 1994, teve participação decisiva na implantação o Curso de Mestrado em Enfermagem. Foi Diretora da Escola de Enfermagem da UFMG no período de 1998-2002. Em 2004, foi implantado o Curso de Doutorado em Enfermagem, após projeto formulado por Comissão de Docentes da EEUFMG que contou com a participação da referida Professora.

Desenvolveu inúmeros projetos de pesquisa que resultaram em publicações de artigos em periódicos nacionais e internacionais. Coordenou o Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino e Prática de Enfermagem (NUPEPE). Atuou durante 25 anos como Consultora da Fundação Kellogg para projetos na área de desenvolvimento social e coordenou programas para a capacitação e formação de profissionais de enfermagem na América Central, México e América do Sul. Tal atuação rendeu-lhe reconhecimento por meio do Diploma de Honor por el impulso dado al desarrollo de la investigación en Enfermería, durante o X Colóquio Panamericano de Investigación en Enfermería, e III Prêmio Susana Espino da Associación Latino Americana de Escuelas e Faculdades de Enfermeria (ALADEFE).

Em 1991, coordenou o Programa de Desenvolvimento da Enfermagem (PRODEN), definindo, entre suas linhas de trabalho, a criação da Rede de Escolas de Enfermagem de Minas Gerais, que passou a integrar a Rede de Enfermagem da América Latina (REAL). O PRODEN tinha como objetivos possibilitar e incentivar o intercâmbio e a divulgação do conhecimento em Enfermagem na América Latina.

Teve participação expressiva no projeto de desenvolvimento de Classificação das Práticas de Enfermagem em Saúde Coletivo (CIPESC) na América Latina realizado em parceria com o Conselho Internacional de Enfermagem.

Foi coordenadora da área técnica da Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde no Ministério da Saúde, com atuação expressiva na discussão dos projetos de formação de profissionais de nível técnico de enfermagem.

Em 2016 recebeu o Prêmio Anna Nery do Conselho Federal de Enfermagem do Brasil, Diploma de Honra ao Mérito da Associação Brasileira de Enfermagem em reconhecimento aos relevantes serviços prestados como educadora na área da saúde e em prol do desenvolvimento da enfermagem no Brasil.