Calendário

Dezembro 2022
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Estudantes podem participar de pesquisa sobre prevalência de desordens emocionais pós-pandemia de Covid-19

Estudantes universitários de todos os cursos de graduação de quatro universidades públicas de Minas Gerais: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) podem participar, neste link, de pesquisa que busca avaliar a prevalência e a intensidade de desordens emocionais (ansiedade, estresse, depressão e transtorno do estresse pós-traumático) no contexto pós-pandemia de Covid-19.

É um projeto de pesquisa multicêntrico, intitulado “Efeitos da acupuntura auricular com laser e com agulhas no tratamento de desordens emocionais em estudantes universitários: ensaio clínico randomizado”, que visa contribuir com evidências científicas sobre o impacto da pandemia de Covid-19 na saúde mental deses estudantes, a fim de formular estratégias de prevenção, proteção, promoção e recuperação da saúde e da qualidade de vida dos jovens acadêmicos.

A coordenação do estudo é da professora Tânia Couto Machado Chianca, do Departamento de Enfermagem Básica da Escola de Enfermagem da UFMG e da pós-doutoranda em Enfermagem da EEUFMG e professora da UFV, Caroline de Castro Moura. “A pesquisa foi estimulada pelo fato dos anos de 2020 a 2022 terem sido marcados pela pandemia instalada pela Covid-19, doença de grande transmissibilidade, gravidade clínica e que impactou negativamente na saúde mental de muitas pessoas, inclusive dos estudantes universitários. Diante disso, vimos ter se tornado imperativo implementar estratégias com o potencial para melhorar a qualidade de vida da população de estudantes universitários, como a acupuntura auricular, além de verificar os melhores dispositivos para realização dessa intervenção”, explica Caroline.

Etapas do estudo
acupuntura auricular projetoA pesquisa será realizada em duas etapas. Na primeira, será realizado um estudo transversal, por meio do preenchimento do formulário on-line, que não dura mais que 10 minutos, para mapear os níveis de ansiedade, estresse, depressão e transtorno do estresse pós traumático nos estudantes.

Na segunda etapa, será realizado um ensaio clínico randomizado, a fim de comparar os efeitos da acupuntura auricular realizada através do laser aos efeitos da acupuntura auricular com agulhas nos estudantes universitários identificados na etapa anterior com níveis moderados a altos de desordens emocionais no contexto pós-pandemia.

“Os benefícios da participação dos estudantes no estudo estão relacionados à contribuição para a ciência e para a vida acadêmica. Em relação à ciência, existe a carência de estudos com estudantes universitários em épocas de pandemias. Quanto à vida acadêmica, espera-se que os resultados permitam compreender melhor os níveis de desordens emocionais, e, a partir disso, propor medidas voltadas ao acolhimento dos alunos e à promoção da saúde mental”, relatam as coordenadoras da pesquisa.

Ainda de acordo com elas, as informações coletadas neste estudo são confidenciais. Somente os pesquisadores terão conhecimentos dos dados, que não serão divulgados.