Calendário

Dezembro 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pela primeira vez em formato virtual, Semana do Conhecimento começa nesta segunda

1semana do conecimento2020Começa nesta segunda-feira, 19, a Semana do Conhecimento UFMG 2020, com o tema Inteligência artificial e as travessias nas fronteiras do conhecimento, em consonância com a 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

A programação, adaptada ao formato virtual em razão da pandemia de covid-19, segue até sexta-feira, 23, e inclui manifestações culturais, conferências, apresentação de trabalhos de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidos por servidores técnico-administrativos, bolsistas de iniciação científica, graduação e pós-graduação e o anúncio dos vencedores do Prêmio UFMG de Teses. A transmissão das atividades será pelo canal da Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) no YouTube.

"Realizar esta edição no atual cenário de pandemia e de isolamento social será um grande desafio, pois ocorrerá de forma inteiramente virtual, mas será também uma oportunidade de dar visibilidade ao trabalho realizado pela UFMG e pelas universidades públicas em geral no combate à covid-19 e para enfrentar outros desafios que temos vivenciado. Também nos dará a oportunidade de destacar a relevância do conhecimento, da educação e da ciência em benefício da sociedade e da construção de um país cada vez mais solidário e equânime" avalia a reitora Sandra Regina Goulart Almeida.

Pró-reitor de Pesquisa e pesquisador do Departamento de Ciência da Computação do Instituto de Ciências Exatas da UFMG, o professor Mario Montenegro Campos avalia que ter uma Semana do Conhecimento dedicada a discutir a inteligência artificial e suas fronteiras em um ano que o mundo enfrenta uma pandemia sem precedentes é uma oportunidade de evidenciar como "a inteligência artificial, que teve sua gênese no final da década de 1960, na Ciência da Computação, desenvolveu-se ao longo das últimas décadas, não sem percalços e sob descrédito, e como ela vem sorrateiramente permeando e contribuindo para o avanço do conhecimento em praticamente todas as áreas do conhecimento".

Em 2020, a Semana do Conhecimento da UFMG está sendo organizada pela Pró-reitoria de Pesquisa (PRPq). Na avaliação da professora Ana Hermeto, diretora de Fomento à Pesquisa da pró-reitoria, o tema desta edição é muito representativo da produção científica da própria Instituição. “Ele traduz a capacidade da comunidade acadêmica da UFMG de abarcar toda a transversalidade e as travessias nas fronteiras do conhecimento, somada ao esforço adicional de engajamento, mesmo distante das atividades presenciais, para levar essas experiências para a sociedade e mostrar o quanto a Universidade se mantém viva e pulsante em suas diversas atividades", resume a professora.

Destaques da programação
Na solenidade de abertura da Semana do Conhecimento 2020, nesta segunda, às 10h, a reitora Sandra Goulart Almeida e o pró-reitor de Pesquisa, Mario Montenegro Campos, recebem os pesquisadores David Clifton, do Laboratório de Informática em Saúde Computacional da Universidade de Oxford, Ana Paula Appel, da IBM Reseach no Brasil, e Jônatas Manzolli, do Departamento de Música, da Universidade Estadual de Campinas. Haverá transmissões em inglês e português, e ambas poderão ser assistidas pelo canal da CAC no YouTube.

Mario Campos destaca que a apresentação de três especialistas sobre distintas dimensões indica que "são muitas as questões que devem ser consideradas quanto ao desenvolvimento e aplicação da inteligência artificial, envolvendo aspectos éticos, de privacidade e de segurança, entre tantos outros. É fundamental que a sociedade possa discutir e avaliar, com prudência, o enorme potencial que a inteligência artificial tem a oferecer, bem como seus riscos potenciais e seus impactos".

Ainda durante a abertura, o Ars Nova apresentará o coro virtual da canção MLK, do grupo irlandês U2, lançada no primeiro semestre deste ano, para homenagear os profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus. O arranjo é de Bob Chilcott, e o solo, do tenor Hendrigo del Freitas.

À tarde, às 13h, terá início a apresentação dos 27 trabalhos dos servidores técnico-administrativos em educação (TAE) inscritos na 10ª Jornada de Produção do Conhecimento. A apresentação prosseguirá na terça-feira, às 9h.

Para as 14h, está agendada a primeira mesa de debates, UFMG e BH-TEC: ambientes de inovação - experiências nacionais e internacionais, com participação de Karin Mayer Rubinstein, presidente da Israel’s Umbrella Organization of the High-tech.

Desafios da C&T
Segundo a reitora Sandra Goulart Almeida, além da temática específica "importantes reflexões sobre os rumos da ciência e tecnologia, da inovação, da educação, do ensino da graduação e da pós-graduação, pesquisa e extensão serão debatidos com a comunidade e com representantes do poder público e de agências de fomento. É a UFMG mostrando mais uma vez seu papel protagonista como importante vetor de produção de conhecimento e de interação com outros saberes no nosso estado e no nosso país".

Exemplo disso são os debates que ocorrem no segundo dia do evento, às 10h. Os desafios atuais e as perspectivas para o futuro da ciência e tecnologia no Brasil serão o tema de mesa-redonda com a participação de Luiz Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Ildeu Moreira, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Soraia Smaili, reitora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e Celso Pansera, ex-ministro da Ciência e Tecnologia (2015-2016) e secretário-executivo da Iniciativa para a Ciência e Tecnologia no Parlamento (ICTP.br).

Na quarta-feira, 21, das 9h às 9h30, o grupo Sarandeiros abre a programação do dia, que terá o maior número de apresentações simultâneas de trabalhos. Às 9h, começam as exposições dos projetos da 29ª Semana Iniciação Científica e dos 18 inscritos na 10ª Semana de Iniciação Científica Jr., organizadas pela Pró-reitoria de Pesquisa, e dos 136 trabalhos da 24ª Semana da Graduação, organizada pela Pró-reitoria de Graduação.

Os trabalhos de iniciação científica foram selecionados entre os 1.628 inscritos, apresentados inicialmente durante a programação preliminar da Semana do Conhecimento, nos dias 5 e 6 de outubro.

O 5º Seminário Pipa, organizado pelo Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI), que será transmitido em formato de live, das 8h às 12h e das 13h40 às 17h30, contará com a apresentação de 19 trabalhos.

À tarde, às 14h, além da sequência das apresentações iniciadas pela manhã, serão expostos trabalhos do 23º Encontro de Extensão, organizado pela Pró-reitoria de Extensão. Os projetos da extensão também passaram por uma seleção, nos dias 5 e 6. Ao todo, foram 553 inscritos. Às 18h, encerram-se as apresentações dos estudantes da graduação.

Ainda na quarta, às 19h, a Diretoria de Ação Cultural (DAC), por meio do Circuito Cultural, apresenta a mesa Aproximações tecnológicas: abordagens para o fazer musical utilizando computadores, com participação de Brandon Alves, Fellipe Miranda, Jonatah Cardoso e Rubens Silva. A transmissão será pelo canal Cultura UFMG no YouTube.

Na quinta-feira, 22, também às 9h e às 14h, haverá continuidade das apresentações iniciadas no dia anterior e relato das experiências de 28 estudantes intercambistas, durante o 2º Encontro de Mobilidade Internacional, organizado pela Diretoria de Relações Internacionais (DRI).

Ciência aberta, inteligência artificial na astronomia e nas artes
O Seminário Ciência Aberta: onde estamos e para onde iremos? será realizado na quinta-feira, a partir das 16h, com participação de Vanessa de Arruda Jorge, Fabiano Couto Corrêa da Silva, Fátima L. S. Nunes, Marcello Peixoto Bax, mediados por Carlos Basílio Pinheiro.

Na sequência, às 17h, a equipe do Núcleo de Astronomia do Espaço do Conhecimento UFMG promoverá a live Descobrindo o Céu: inteligência artificial na astronomia e exploração espacial, com transmissão pelo seu canal no YouTube.

As aplicações da inteligência artificial no campo da arte também serão focalizadas em outras atividades propostas pelo Espaço do Conhecimento: postagem de texto sobre o tema no Blog Espaço, (dia 20, às 10h), publicação de um quiz (dia 21, às 14h), podcast Pílulas do Conhecimento (dia 22, às 11h), dicas de livros e filmes (dia 23, às 17h) e Sábado com Libras (dia 24, às 10h).

Visualiza UFMG, rede de museus e mostra DAC/Prae
Os melhores vídeos, de até três minutos, produzidos por estudantes de ensino médio, técnico ou profissionalizante, graduação e pós-graduação da UFMG, sobre projetos de ensino, pesquisa ou extensão, serão projetados na fachada digital do Espaço do Conhecimento UFMG. O objetivo é apresentar ao público não especializado, de forma clara e atrativa, as práticas ou resultados de projetos acadêmicos desenvolvidos na UFMG. Cento e dez trabalhos foram inscritos na edição de 2020.

Durante a 6ª Mostra Virtual Pesquisa e Extensão, a Rede de Museus vai apresentar os 77 projetos inscritos e espera participação ativa do público, para fomentar a formação de redes colaborativas. As pessoas poderão dirigir comentários aos autores dos projetos, que serão organizados em um portfólio. A mostra é permanente, e as edições anteriores também podem ser visitadas.

Na 1ª Mostra da Diretoria de Ação Cultural (DAC) e da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), o público vai conhecer, no formato de vídeos, resumos e pôsteres virtuais, sete dos projetos que estão sendo desenvolvidos pelos estudantes de graduação e de pós-graduação contemplados pelo Programa de Fomento à Criação Estudante da UFMG.

A primeira ação do Programa, lançado neste ano, foi a oferta da Bolsa de Fomento à Criação UFMG/Estudantes, que apoia financeiramente universitários prejudicados pela pandemia. Por meio de edital, foram concedidas 30 bolsas de 900 reais para projetos de obras artísticas, literárias ou ensaísticas focadas nas implicações culturais da pandemia. A comunidade discente da UFMG inscreveu 542 propostas. Foram selecionados 20 projetos de graduandos e 10 de pós-graduandos.

Teses premiadas e o impacto da pós-graduação
Neste ano, a solenidade de anúncio dos vencedores do Prêmio UFMG de Teses ganhou formato de seminário e reunirá gestores da área de ciência e tecnologia para debater A pós-graduação no Brasil e seu impacto social. A participação dos convidados, Paulo Sérgio Beirão, presidente interino da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Evaldo Vilela, presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e Flávio Anastácio Camargo, diretor de Avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), será mediada pela reitora Sandra Regina Goulart Almeida. O evento, agendado para o dia 23, será transmitido a partir das 10h, pelo canal da Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) no YouTube.

No início da tarde, às 13h, o Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares (IEAT) promove o webinar Polarização e ódio nas plataformas digitais, com David Nemer, da Universidade de Virgínia (EUA), Patrícia Campos Melo, jornalista da Folha de S. Paulo e Ricardo Campos, professor da Universidade Johann Wolfgang Goethe de Frankfurt (Alemanha). A mediação da mesa será feita pelo professor Fabrício Benevenuto, do Departamento de Ciência da Computação da UFMG e residente do IEAT.

O encerramento da Semana do Conhecimento 2020 será às 16h, com a solenidade de premiação dos trabalhos vencedores de suas respectivas mostras e apresentação do Duo Quattus, formado por Elise Pittenger (violoncelo) e Fernando Rocha (percussão).

(Com Centro de Comunicação da UFMG)