Calendário

Novembro 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
20
21
22
23
24
29

Professoras Roseni Sena e Kleyde Ventura são homenageadas na Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Nesta sexta-feira, 6 de março, as professoras Roseni Sena e Kleyde Ventura de Souza foram homenageadas na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, 8 de março. No evento intitulado Sempre Vivas: Mulheres, história e resistência, realizado em parceria com coletivos, entidades ligadas à causa feminina e órgãos governamentais, foram entregues votos de congratulações a 42 mulheres que se destacaram no Estado. Essas indicações foram feitas pela sociedade civil organizada ligada às causas das mulheres.

A cerimônia integra o calendário da ALMG em referência aos 300 anos de Minas Gerais, que se completam em 2 de dezembro deste ano. Com o Auditório José Alencar lotado, a solenidade foi marcada por manifestações e relatos emocionantes e importantes protestos.

kleyde Ventura homenagem ALMGHomenageadas receberam diplomas com votos de congratulações
Foto: Clarissa Barçante/ALMG

O presidente da ALMG, deputado Agostinho Patrus (PV), lamentou que dados oficiais constatem que 80% dos brasileiros ainda têm posições e ideias discriminatórias sobre o papel da mulher na sociedade. Também rechaçou o aumento do feminicídio. “Essa luta (contra a discriminação e a violência) não é apenas das mulheres deputadas, é também de todo o parlamento, de todos nós”, afirmou, ao lembrar que a Assembleia de Minas é a primeira a constituir uma comissão permanente para cuidar das questões femininas. Essa Comissão atualmente e presidida Andréia de Jesus.

Presidenta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e uma das coordenadoras do evento, a deputada Andréia de Jesus (Psol) destacou que nenhuma democracia é possível sem a presença das mulheres. “Não podem nos calar, pois nossas vozes contam a história de milhares de mulheres que lutam diariamente para defender a vida de suas famílias”, salientou.

A parlamentar disse que é preciso mudar a atual realidade, na qual mulheres morrem ou são encarceradas apenas pelo gênero. “Sempre vivas nós queremos ficar, para continuar lutando e fazer história”, afirmou, em uma alusão ao tema do evento. Ela anunciou que vai protocolar um projeto de lei para garantir auxílio financeiro a mulheres vítimas de violência atingidas por desastres naturais.

Homenageadas 
Professora Kleyde Ventura

kleyde1A professora Kleyde Ventura ressaltou a importância dessa homenagem pela atuação como professora da Escola de Enfermagem da UFMG e líder do Núcleo de Pesquisas e Estudos em Saúde da Mulher e Gênero. “Essa homenagem nos alegra e nos motiva a seguir chamando e produzindo inteligência coletiva para superar os desafios que marcam a vida e a saúde mulheres, especialmente, no campo dos seus direitos sexuais e reprodutivos. Razão pela qual devemos todos nos convocar a seguir juntos na defesa do SUS, da Universidade Pública e da Democracia. Encontrei nesse evento mulheres de Luta, que também foram homenageadas. Outras na plenária aplaudiam e também poderiam ser aplaudidas por suas trajetórias. Isso que dizer que somos muitas”!

 

Professora Roseni Sena ( in memorian)
Foi Enfermeira, diretora da Escola de Enfermagem da UFMG (1998-2002) e uma das criadoras do curso de Nutrição da instituição de ensino, além de Professora Emérita. Coordenou serviços técnicos especializados na Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), do Ministério da Saúde, e, por 25 anos, foi consultora da Fundação Kellogg na área de projetos de desenvolvimento social na América Latina.

Foi também diretora de Inclusão e Cidadania do Centro de Arte Contemporânea Inhotim e diretora na entidade Serviço Assistencial Salão do Encontro, em Betim (MG). Entre os vários prêmios e condecorações recebidos estão a Medalha do Mérito da Saúde, Medalha da Inconfidência, Medalha de Honra Presidente Juscelino Kubistchek, Prêmio Isaura Barbosa Lima e Prêmio Anna Nery, além do reconhecimento como Cidadã Honorária do Município de Brumadinho (MG). No início de 2015, Roseni assumiu a direção da ESP-MG, falecendo em setembro de 2016.

Enfermeira Obstétrica Miriam Rego (in memorian) 
“A trajetória da Mirian, sempre marcada pela autonomia das Enfermeiras no Parto e Nascimento, nos coloca diante da responsabilidade de seguirmos em importantes lutas nesse campo. A esse propósito, a participação de todas(os) às ações de luta para a abertura da Maternidade Leonina Leonor construída para atender uma média de 500 partos humanizados por mês e por isto poderia ser um excelente campo para a formação de profissionais da saúde e de enfermeiras obstétricas, tão importantes para a mudança de modelo no cenário obstétrico”, pontuou a professora Kleyde Ventura.