Calendário

Novembro 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
20
21
22
23
24
29

Professor Adriano Pimenta realiza estágio de Pós-Doutorado na Espanha sobre depressão e síndrome metabólica

O professor do Departamento de Enfermagem Materno Infantil e Saúde Pública da Escola de Enfermagem da UFMG, Adriano Marçal Pimenta, está realizando um estágio de Pós-Doutoramento no Departamento de Ciências da Saúde da Universidad de Las Palmas de Gran Canaria, na Espanha. Com bolsa financiada pela Fundación Carolina, em parceria com o Grupo Tordesillas e sob a supervisão da professora Almudena Sánchez Villegas, o estágio está previsto para durar até o mês de março.

De acordo com o professor, o plano de trabalho que  está desenvolvendo no pós-doutorado está centrado no estudo da associação bidirecional entre depressão e síndrome metabólica com base nos dados do projeto Seguimiento Universidad de Navarra (SUN). "A depressão é um importante problema de saúde pública nos dias atuais e tem afetado a qualidade de vida das pessoas ao redor do mundo. Além disso, tem sido proposta a relação da depressão com enfermidades crônicas, tais como obesidade, diabetes, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares e a síndrome metabólica".


Foto ULPGC 1Os professores Adriano Marçal Pimenta e Lívia Cozer Montenegro acompanhados da Profa. Almudena Sánchez Villegas (ao centro) durante visita ao Departamento de Ciências da Saúde da Universidad de Las Palmas de Gran Canaria

"Sou muito grato a Fundación Carolina e ao Grupo Tordesillas por me conceder uma das 12 bolsas da região Ibero-americana para a realização desse pós-doutorado. A professora Almudena Sánchez Villegas é especialista no estudo de determinantes da depressão e outras enfermidades mentais. Está sendo uma grande oportunidade para o fortalecimento de parceria internacional iniciada há mais de uma década para o desenvolvimento de pesquisas na área da saúde, que tem gerado resultados muito importantes, publicados em periódicos científicos de alto impacto. Além disso, os conhecimentos adquiridos neste estágio poderão ser empregados no desenvolvimento do projeto Coorte de Universidades Mineiras - CUME  do qual sou um dos coordenadores e cujas prevalências de depressão e da síndrome metabólica se mostram altas entre os participantes", finaliza o professor.
Redação: Vívian Mota - estagiária de jornalismo
Edição: Rosânia Felipe- Jornalista