Calendário

Novembro 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
20
21
22
23
24
29

Palestras, recordações e exposição marcam comemoração dos 15 anos do Curso de Nutrição

O Curso de Nutrição da Escola de Enfermagem da UFMG completa 15 anos neste ano, e para celebrar esse marco, foi realizado um evento comemorativo na última quarta-feira, 14 de agosto, no Salão Nobre da Faculdade de Medicina da UFMG.

Ex-alunos-empreendedores do curso de Nutrição da EEUFMG fizeram uma exposição levando um pouco mais de seus trabalhos desenvolvidos para os presentes. A Aliança Pela Alimentação Saudável e a Empresa Júnior do Curso de Nutrição também marcaram presença.

Mesa de abertura 15 anosA mesa de abertura do evento contou com a presença do Professor João Henrique Lara do Amaral, representando a Pró-Reitoria de Graduação da UFMG; da diretora e vice-diretora da Escola de Enfermagem, professoras Sônia Maria Soares e Simone Cardoso Lisboa Pereira; professora Marlene Azevedo Magalhães Monteiro, coordenadora do Colegiado de Graduação em Nutrição, e da professora Luana Caroline dos Santos, Chefe do Departamento de Nutrição.

O professor João Henrique Lara do Amaral falou da importância de reconhecer o quanto o curso contribui para a UFMG. “O curso de Nutrição está presente nas diversas experiências e iniciativas da universidade, é muito importante que a gente ressalte essa presença efetiva e a contribuição que o curso tem dado à trajetória da UFMG”, ressaltou.

De acordo com a diretora, quando o curso foi implantado em 2004, existiam no Brasil 269 cursos, muitos em instituições de ensino privadas. Hoje são 363 cursos, sendo 55 de instituições públicas, e a Nutrição aparece, segundo dados do último censo da educação superior, na lista dos 20 cursos mais procurados do Brasil, tendo mais de 109 mil matrículas do sexo feminino. “Estes dados demonstram a expansão da área da nutrição e as conquistas da atuação em diversas áreas. Aqui destaco a importância dos nutricionistas nas equipes de execução de importantes políticas públicas: promoção da saúde e garantia de segurança alimentar e nutricional; bem como da significativa atuação interdisciplinar”, enfatizou.

As alunas Cristiana Gabarra, Larissa Cardoso e Letícia Fernandes de Azevedo, fizeram uma apresentação musical no evento. “Minha vida mudou totalmente depois que entrei para a Nutrição, conheci novas pessoas, aprendi muita coisa, entrei para a Empresa Júnior Sanus. Só de me imaginar como uma futura nutricionista meus olhos já brilham, meu coração se aquece. Tenho desafios diários no curso, como os que colocam minha ética e meus valores em prova, e é claro, o de me esforçar para ser a melhor profissional possível”, comentou. Ela falou, ainda, sobre a apresentação musical. “A ideia surgiu provavelmente quando a professora Rita Ribeiro me viu pela escola carregando um violino, aí chamei as minhas colegas para que fizéssemos a melhor apresentação possível”, destacou a estudante Cristiana, aluna do 4º período do curso.

A professora Rita de Cássia Marques, Historiadora e Professora do Departamento de Enfermagem Aplicada, que participou da criação do curso, falou um pouco dessa história. “É interessante ver o quanto o curso diversificou, modernizou, hoje os nutricionistas formados e que estão sendo preparados no curso, estão espalhados por áreas inimagináveis há 15 anos. O processo de criação do curso foi muito coletivo, houve uma comissão enorme, por parte da diretora da Escola de Enfermagem na época, trazendo quem da universidade tinha alguma interface com a Nutrição, e essa comissão acabou sendo de grande valia. É um curso que desde o início se propôs a ser plural, integrado e diversificado”, contou Rita.

15 ANOS NUTRIÇÃO1A professora Márcia Regina Pereira Monteiro, primeira professora do curso de Nutrição, falou da satisfação de fazer parte dos 15 anos do curso. “É uma alegria fazer parte desses 15 anos, eu sou a primeira professora do curso, e depois de 15 anos ver que os frutos que nós professores fomos plantando, junto com os alunos, deram certo, é ótimo”, disse.

O Master Coach Sérgio Pessoa de Melo ministrou uma palestraa sobre Inteligência Emocional. “Hoje em dia está cada vez mais pautado na mídia, no meio acadêmico, a questão da inteligência emocional, para performance, resultado, sucesso, e isso é importante na vida pessoal para as pessoas aprenderem a gerir suas emoções, identificar os sentimentos que atrapalham e poderem se destacar na vida profissional”, contou sobre a necessidade de falar sobre inteligência emocional.

Leandro Geraldo Fagundes, ex-aluno, que fez parte da segunda turma do curso de Nutrição, e que formou no ano de 2008, esteve presente no evento, citou a questão da humanização e falou da nostalgia que é reviver as memórias do curso. “Eu aprendi a ser mais humano durante o curso, trabalho com saúde pública, muito do que aprendi na graduação aplico até hoje, me agregou demais. É nostálgico reviver de algum modo tudo que foi vivido no curso”, disse.