Calendário

Julho 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom

Oficina de Validação do Instrutivo para Manejo da Obesidade no SUS reúne profissionais de diversas partes do Brasil

Aline Oficina InstrutitvoProfessores universitários, gestores municipais e estaduais da área da saúde, médicos, nutricionistas e educador físico de diversos estados brasileiros se reuniram na Escola de Enfermagem da UFMG nesta terça-feira, 13 de agosto, para validar o Instrutivo que visa apoiar os profissionais de saúde para o manejo coletivo da obesidade na Atenção Básica à Saúde (ABS) e na Atenção Especializada (AE).

A atividade foi organizada pelo Grupo de Pesquisa de Intervenções em Nutrição (GIN/UFMG) e coordenada pela professora do Departamento de Nutrição da Escola de Enfermagem da UFMG, Aline Cristine Souza Lopes, em parceria com a Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição (CGAN) do Ministério da Saúde.

De acordo com Aline, o Instrutivo foi construído com base nos resultados de revisão sistemática da literatura, da avaliação dos dados de manejo da obesidade do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), de pesquisa realizada com profissionais da ABS e AE de todo o país, e teorias de educação em saúde e comportamentais. Todo este instrumental objetivou a construção de metodologias de grupos que favorecessem a redução do peso e a promoção da saúde.

Durante a oficina, os profissionais discutiram sobre o material desenvolvido e debateram sobre a aplicabilidade e factibilidade do Instrutivo na ABS e AE, incluindo a proposta de "Estratificação de Grupos para Manejo da Obesidade" e a sugestão de "Cardápio de Ações para o Manejo da Obesidade".

Aline destacou que o próximo passo é a revisão do Instrutivo de acordo com as sugestões da oficina. “A previsão é que ele seja lançado no início de 2020. Mas, ainda em 2019, será disponibilizada uma versão preliminar para o uso dos pesquisadores dos 26 estados brasileiros que tiveram projetos aprovados na Chamada CNPq/MS/SAS/DAB/CGAN Nº 26/2018 - Enfrentamento e Controle da Obesidade no Âmbito do SUS”, enfatizou.