Calendário

Setembro 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom

Curso de Atualização para Agentes Redutores de Danos é promovido pela Escola de Enfermagem

cleysseCurso oferecido pela Escola de Enfermagem, em parceria com o programa e associação ‘BH de Mãos Dadas contra a AIDS’, promove atualização em “Saúde e Sexualidade” para Agentes Redutores de Danos (ARD). Com o objetivo de atualizar a formação dos ADR, os quais são educadores pares para os cuidados junto à populações-chave (profissionais do sexo, usuários(as) de álcool e outras drogas, homens gays, mulheres transexuais), em situação de vulnerabilidade e pessoas vivendo com HIV e outras IST's (Infecções Sexualmente Transmissíveis), a formação foi proposta pela professora Érica Dumont Pena, do Departamento de Enfermagem Materno Infantil e Saúde Pública, em parceria com a residente de Enfermagem Obstétrica, Cleyce Castro.

De acordo com a professora Érica, o curso é relevante socialmente, pois contribui para a atualização do cuidado às populações-chave que, historicamente, são marginalizadas e que ainda sofrem com violência institucional, dentre elas a da assistência em saúde. “Necessidade que se torna mais aguda em tempos como os que estamos vivendo, em que os direitos das populações LGBTQ+ sofrem importantes ameaças, assim como a saúde pública de modo geral”, relata a professora.

Érica explica que já contava com o programa ‘BH de Mãos Dadas’ como um lócus para aulas práticas sobre Prevenção de IST´s e pensou o curso junto com a coordenação do programa e a residente Cleyce como uma forma de contribuir para a formação das instituições que ajudam a formar os estudantes na Escola de Enfermagem.

A residente conta que sua integração ao curso se deu a partir de sua vontade de trabalhar o planejamento reprodutivo e gestacional com mulheres profissionais do sexo, cisgênero e transexuais. “É uma questão que eu sempre levantei a bandeira. Eu e aprofessora Érica tivemos a ideia de montar esse curso para ser além do que uma formação e sim um aprimoramento desses profissionais que já têm suas vivências e que precisam só de uma atualização e centralização do conhecimento em algo único”, narra Cleyce.

público alvoPatrícia Pires, mulher trans, Agente Redutora de Danos e participante do curso, reforça a idéia de aprimoramento. "Fui convidada a participar do curso pela Associação Cidadãos Posithivos Sempre Viva - que é uma associação de mulheres soropositivas - e estou gostando muito do curso pois possibilita um aprendizado maior sobre a Redução de Danos e, por isso, é um curso que eu vim mais para aperfeiçoar, além do que eu já sabia, porque é sempre bom aprender mais", disse.

O curso de atualização conta com a participação da professora Vânia de Souza, do professor Mateus Westin, da mestranda Clarissa Fernandes Goulart e envolverá os conteúdos: sexualidades e gênero, IST´s, aconselhamento, métodos de prevenção - como o PrEP (Profilaxia Pré-Exposição à infecção pelo HIV), arte e educação e a redução de dano no geral.

Aberto ao público e gratuito, o curso foi iniciado no dia 10 de janeiro e terá, ao todo, sete aulas com 3 horas de duração cada, todas as terças e quintas-feiras, das 10h às 13h, até o término da formação.

Redação: Teresa Cristina– estagiária de Jornalismo
Edição: Rosânia Felipe