Calendário

Professoras do Departamento de Nutrição promovem oficina sobre ambiente alimentar

Milene pssoaCom o objetivo de realizar discussões teóricas e metodológicas acerca do ambiente alimentar no Brasil foi realizada uma oficina nesta quinta-feira, 22 de novembro, organizada pelas professoras do Departamento de Nutrição da Escola de Enfermagem da UFMG Milene Cristine Pessoa, Larissa Loures Mendes, Bruna Vieira de Lima Costa, Paula Martins Horta e pelas mestrandas do Programa de Pós-graduação em Nutrição e Saúde.

O evento contou com a participação de pesquisadores e pós-graduandos que trabalham com a temática na UFMG, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade de São Universidade de São Paulo (USP), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), presencialmente e por meio de videoconferência.

Milene apresentou o Grupo de Estudos, Pesquisas e Práticas em Ambiente Alimentar e Saúde (GEPPAAS) da UFMG que conta com 39 pesquisadores e tem como objetivos favorecer pesquisas e práticas voltadas para a análise do ambiente alimentar e saúde em diversos grupos populacionais e sistematizar encontros de estudo, discussão e fortalecimento das pesquisas. Ela mostrou, ainda, os projetos atuais, produtos e trabalhos em andamento.

A professora Larissa Loures falou sobre a experiência da parceria entre a UFMG e FIOCRUZ. Segundo ela, a parceria teve início em Fevereiro deste ano visa fortalecer os estudos realizados sobre a temática do ambiente alimentar. “O primeiro produto dessa parceria foi um estudo com o objetivo de verificar diferenças na disponibilidade, preço, qualidade e propaganda de alimentos in natura e ultraprocessados em supermercados e estabelecimentos similares em regiões de diferentes estratos socioeconômicos de Juiz de Fora (MG), Brasil.

ambiente alimentar2A professora Bruna Costa apresentou a pesquisa intitulada “Validação de estabelecimentos comerciais de alimentos em cidades urbanas brasileiras”, realizada pelo GEPPAAS em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz do Rio de Janeiro).  “O objetivo da pesquisa é verificar a validade de uma ferramenta de extração de dados do Google Earth® de estabelecimentos comerciais de alimentos na investigação do ambiente alimentar, a partir da observação direta em campo. Iniciamos a coleta de dados em 08 de outubro de 2018 e finalizaremos no dia 26 de novembro de 2018”, explicou.

Ainda durante a oficina, foi realizada uma discussão sobre a Rede de Estudos em Ambiente Alimentar e Saúde. De acordo com Milene Pessoa, as perspectivas com a criação dessa rede são: padronização e desenvolvimento de metodologias e instrumentos; uso de dados secundários para ambiente alimentar; captação de recursos conjuntos; fortalecimento da temática e realização do II Seminário Latinoamericano de Ambiente Alimentar e Saúde.