Calendário

Professoras entregam Prêmio Roseni Rosângela de Sena durante o XVI Colóquio Panamericano de Investigación en Enfermería realizado em Cuba

Premio RoseniPrêmio em homenagem à professora emérita da Escola de Enfermagem da UFMG Roseni Rosângela de Sena, que faleceu em 2016, foi entregue na última sexta-feira, 9 de novembro, na cidade de Havana, Cuba, durante o XVI Colóquio Panamericano de Investigación en Enfermería. A ganhadora do prêmio foi Xaily Gavilondo Mariño, enfermeira cubana, mestre em informática e saúde e vice-coordenadora da Rede de Enfermagem e Informática (REDENFI), apresentou a melhor investigação científica sobre a prática de enfermagem na atenção básica de saúde intitulada: “Dispositivos moviles en el cuidado de personas viviendo con VIH”. A professora Kênia Lara Silva participou do Comitê de avaliação.

O prêmio foi proposto pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/ OMS), ofertado pela Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais. O prêmio será outorgado em todos os Colóquios subsequentes e concedido ao estudante de pós-graduação (mestrado ou doutorado) de escolas de enfermagem de países da Região das Américas, que apresentar a melhor investigação científica sobre a prática de enfermagem na atenção básica de saúde.

A diretora da EEUFMG, professora Sônia Maria Soares, responsável pela entrega do prêmio, destacou este como um marco histórico para a enfermagem brasileira. “Por mais que a intenção seja dizer quem foi a professora Roseni é muito difícil expressar tudo o que a nossa colega deixou como legado para a Enfermagem em nosso país e também no contexto latino americano. Ela sempre foi e sempre será uma inspiração para todos nós. Destacava-se pela dedicação, dinamismo e capacidade de trabalho, sempre com ideias arrojadas e desafiadoras. Pela sua capacidade visionária, não esperava acontecer, criava o futuro. No seu percurso profissional, projetou a Escola de Enfermagem no cenário nacional e internacional, destacando o potencial da unidade na formação profissional em todos os níveis e na articulação com os serviços de saúde. O tempo não apagará lembranças de sua pessoa e seu nome ficará marcado para sempre na história da Enfermagem. Desejamos que este prêmio seja sempre uma fonte de inspiração para o desenvolvimento de investigação científica capaz de transformar a prática da enfermagem”.

PROFAS DA eSCOLA PREMIO ROSENI

A homenageada
Roseni Rosângela de Sena nasceu em Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil, em 05 de março de 1951. Graduou-se em Enfermagem pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com Mestrado em Epidemiologia pela mesma Universidade (1989) e Doutorado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1996).

Foi Professora Emérita da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (EEUFMG) desde 2007, e percorreu toda a sua carreira acadêmica como professora dessa instituição desde 1977, lecionando disciplinas da área de Saúde Pública no Curso de Graduação em Enfermagem e no Curso de Especialização em Enfermagem em Saúde Pública (CEESP) até 2003. Em 1994, teve participação decisiva na implantação o Curso de Mestrado em Enfermagem. Foi Diretora da Escola de Enfermagem da UFMG no período de 1998-2002. Em 2004, foi implantado o Curso de Doutorado em Enfermagem, após projeto formulado por Comissão de Docentes da EEUFMG que contou com a participação da referida Professora.

roseniDesenvolveu inúmeros projetos de pesquisa que resultaram em publicações de artigos em periódicos nacionais e internacionais. Coordenou o Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino e Prática de Enfermagem (NUPEPE). Atuou durante 25 anos como Consultora da Fundação Kellogg para projetos na área de desenvolvimento social e coordenou programas para a capacitação e formação de profissionais de enfermagem na América Central, México e América do Sul. Tal atuação rendeu-lhe reconhecimento por meio do Diploma de Honor por el impulso dado al desarrollo de la investigación en Enfermería, durante o X Colóquio Panamericano de Investigación en Enfermería, e III Prêmio Susana Espino da Associación Latino Americana de Escuelas e Faculdades de Enfermeria (ALADEFE).

Em 1991, coordenou o Programa de Desenvolvimento da Enfermagem (PRODEN), definindo, entre suas linhas de trabalho, a criação da Rede de Escolas de Enfermagem de Minas Gerais, que passou a integrar a Rede de Enfermagem da América Latina (REAL). O PRODEN tinha como objetivos possibilitar e incentivar o intercâmbio e a divulgação do conhecimento em Enfermagem na América Latina.

Teve participação expressiva no projeto de desenvolvimento de Classificação das Práticas de Enfermagem em Saúde Coletivo (CIPESC) na América Latina realizado em parceria com o Conselho Internacional de Enfermagem.
Foi coordenadora da área técnica da Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde no Ministério da Saúde, com atuação expressiva na discussão dos projetos de formação de profissionais de nível técnico de enfermagem.

Em 2016, recebeu o Prêmio Anna Nery do Conselho Federal de Enfermagem do Brasil, Diploma de Honra ao Mérito da Associação Brasileira de Enfermagem em reconhecimento aos relevantes serviços prestados como educadora na área da saúde e em prol do desenvolvimento da enfermagem no Brasil.

XVI Colóquio Panamericano de Investigación en Enfermería
O Colóquio, que aconteceu entre os dias 5 a 9 de novembro, é um encontro bienal da enfermagem profissional em diferentes áreas de atuação: cuidados clínicos, gestão, pesquisa e formação de recursos humanos na Região das Américas, que se disseminou mundialmente com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde e dos Centros Colaboradores para Enfermagem e Obstetrícia da OPAS / OMS. O tema central foi " Contribuição da Enfermagem na Atenção Primária à Saúde para a Saúde Universal ".

Premiio ChicoContou com a presença da diretora da Escola, professora Sônia Maria Soares e dos professores Eliane Marina Palhares Guimarães, Francisco Carlos Félix Lana, Kênia Lara Silva, Kleyde Ventura de Souza e Solange Cervinho Bicalho Godoy.

O trabalho apresentado pelo professor Francisco Lana, coordenador da BVS Enfermagem Brasil, durante na XII Reunião das Redes Internacionais de Enfermagem, recebeu o prêmio de excelência. O tema foi “BVS Enfermaría Internacional: Perspectivas de Integración en América Latina Y El Caribe”, de autoria do professor Francisco e das professoras Allana Dos Reis Corrêa, Mariana Santos Felisbino Mendes e Meiriele Tavares Araújo e dos servidores técnico-administrativos, Hugo Átilla Natividade e Jordana Rabelo Soares.
Fotos: Solange Godoy