Calendário

Novembro 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
24

Infraestrutura física e financeira

Biblioteca
Os alunos do Mestrado Acadêmico em Nutrição e Saúde contarão com os recursos da Biblioteca João Baeta Viana do Campus da Saúde da UFMG e de outras 28 bibliotecas da universidade, sendo 02 (duas) com funcionamento 24 horas, além de acesso a Bancos de Dados por meio digital, Portal CAPES, dentre outros. Estas bibliotecas possuem, em conjunto, cerca de 2000 livros e capítulos disponíveis para consulta na área de Nutrição e aproximadamente 80 periódicos nacionais e internacionais.

Infraestrutura de Pesquisa
A Escola de Enfermagem possui um Centro de Tecnologia Educacional (CTEEnf), que inclui laboratórios de pesquisa estruturados atender às demandas de pesquisadores das áreas de Enfermagem e Nutrição. Além desses, laboratórios de unidades externas à EEUFMG também poderão atender às demandas do Curso.
O CTEEnf inclui em sua estrutura os seguintes laboratórios relacionados diretamente à Ciência da Nutrição, sendo estes: Laboratório de Técnica Dietética, Laboratório de Avaliação e Atendimento Nutricional e Laboratório de Nutrição Clínica e Experimental. Estes laboratórios favorecem a realização das atividades de ensino, pesquisa e extensão.
Outros Laboratórios também estão disponíveis para estudos a serem realizados pelos pesquisadores em parceria com pesquisadores de unidades e departamentos da UFMG, tais como os laboratórios de Imunobiologia, Aterosclerose e Bioquímica Nutricional, Imunofarmacologia, Alergia e Imunologia.
Ressalta-se que está em andamento a construção de um novo prédio anexo a Escola de Enfermagem no qual serão alocados diversos laboratórios. O projeto também tem previsão de salas devidamente equipadas destinadas a pesquisadores locais e visitantes.
A Escola de Enfermagem também dispõe de importante apoio administrativo do Núcleo de Assessorias à Pesquisa – NAPq, que objetiva apoiar o desenvolvimento de pesquisas realizadas por docentes e discentes, por meio da organização de eventos científicos e alocação de recursos para participação em eventos, bem como potencializar a captação de recursos para a realização de pesquisas.

Infraestrutura Financeira
O Curso de Mestrado Acadêmico em Nutrição e Saúde foi reconhecido pelo Programa de Fomento à Pós-graduação da CAPES em dezembro de 2013. A UFMG tem o apoio da CAPES, estando dentre as instituições de ensino superior que recebem recursos financeiros para a pós-graduação.
Tem-se, ainda, o apoio de outros programas de incentivo como o de Professor e/ou Pesquisador Visitante oriundos de diferentes agências de fomento à pesquisa, como CAPES, CNPq e FAPEMIG.
A Pró-Reitoria de Pesquisa da UFMG também se destina a apoiar e estimular a realização da pesquisa científica, tecnológica e artística da UFMG. Para isto, possui programas como:
- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq, PROBIC/FAPEMIG e FUNDEP/SANTANDER.
- Programas Institucionais de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq- Ações Afirmativas, que visa atender de forma equitativa os alunos que ingressaram na universidade pelo sistema de cotas, favorecendo a inserção nos programas de iniciação à Ciência.
- Programa de Auxílio para a Pesquisa dos Recém-Contratados/ Recém-Doutores, que objetiva apoiar financeiramente projetos de pesquisa do docente recém-doutor da Universidade ou o recém-contratado doutor.
- Programa de Auxílio para Projetos Estruturantes de Pesquisa e de Pós-Graduação.
- Programa de Apoio à Participação em Congressos e Reuniões Científicas.
- Programa de Apoio a Eventos.
- Programa de Apoio a Editoração, que dispõe sobre a política de edição de periódicos.
- Apoio à Tradução de Artigos Científicos.
- Programa de Apoio Integrado a Eventos – PAIE.
Externamente à UFMG, os docentes do Curso de Mestrado em Nutrição e Saúde captaram recursos para a realização de diversos projetos na área. Estes recursos são oriundos de diferentes agências de fomento à pesquisa como FAPEMIG (Fundação de Amaparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais), CNPq (Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), MS (Ministério da Saúde), FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), CECANE-UFRGS (Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição do Escolar da Universidade Federal do Rio Grande do Sul), SMSA/BH-MG (Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte - Minas Gerais), Ministério da Saúde da Espanha, Fundação Oswaldo Cruz, Special Programme for Research and Trainning in Tropical Diseases, Center for Disease Control and Prevention, BRIDGES - International Diabetes Federation project supported by an educational grant from Lilly Diabetes, Centro de Pesquisas René Rachou, National Institute Of Health e Fundação Carlos Chagas Filho.